Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 32

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 36

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 43

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 39

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 41
/home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 63
https://www.rikaryo.com.br/');" >

STF vai ter canal exclusivo no Youtube

Foto:RikáryoO STF será a primeira Suprema Corte de justiça do mundo a ter uma página oficial no Youtube. A proposta surgiu depois de uma audiência realizada no dia 04 de maio, momento que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, recebeu o diretor-geral do Google para a América Latina, Alexandre Hohagen, e o diretor de Políticas Públicas e Relações Governamentais da empresa no Brasil, Ivo da Motta Azevedo Corrêa.

Eles firmaram parceria para utilização de ferramentas tecnológicas desenvolvidas pelo Google com o objetivo de melhorar a comunicação do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com a sociedade.

Uma das propostas é a criação de um canal do YouTube para o STF e para o CNJ a fim de que as pessoas possam acessar as informações veiculadas pela TV Justiça sobre as atividades que essas instituições têm desenvolvido. O Conselho Nacional de Justiça, órgão responsável por controlar o Judiciário, também vai utilizar o canal na web para divulgar suas ações. O CNJ acredita ainda que poderá colher opiniões da sociedade sobre o Poder Judiciário por meio da ferramenta web 2.0.

A proposta já era para está no ar desde o dia 1° de setembro, mas até a hoje nada foi divulgado oficialmente, acredita-se que o canal do STF no youtube esteja online antes do final do mês.

Quem já usa?

Hoje a Google está concluindo uma versão mais estável de seu software e já conta com alguns usuários de peso como a Casa Branca (White House) que usa a ferramenta classificada como beta, como as demais ferramentas da Google.