Vereadores de Iguatu votam título de cidadania para Bolsonaro e povo se revolta

Na sessão de 04/05, da Câmara Municipal de Iguatu, uma das pautas votadas foi o projeto 026/2021 de autoria do vereador pastor, Rubenildo Cadeira (Republicanos), que dá título de cidadão iguatuense ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), cinco dos vereadores presentes negaram seu voto a proposta por entender que o momento é crítico, o presidente não encaminhou nenhuma melhoria para o município que só tem recebido o obrigatório dos cofres federal.

Votaram SIM:

  1. Rubenildo Cadeira;
  2. Zilfran;
  3. Pedro Lavor;
  4. Diego Felipe;
  5. Louro da Barra;
  6. Pedro Uchoa;
  7. Bandeira Junior;
  8. Alyson Berreto;
  9. João Lazaro.

Votaram NÃO:

  1. Sávio Sobreira;
  2. João Torres;
  3. Eudisvan;
  4. Marciano Baião;
  5. Lindovan.

Ausentes:

  1. Rafael Gadelha;
  2. Marconi filho.

Após votação a população iguatuense, movimentos sociais, agentes políticos nas redes sociais demonstraram toda a sua frustração com a preocupação dos vereadores com a cidade de Iguatu.

“Tantos problemas no Iguatu e os senhores vereadores usam uma sessão para deliberar um título de cidadania para agradar o ego de vereador bolsonarista sem serviço prestado, vergonha”, afirmou o mecânico de motos, José firmino.

“Absurdo e vergonhoso os vereadores de Iguatu que bateram de porta em porta, inclusive com discurso de ser do bem, falando mal de Bolsonaro pra enganar o povo e ganhar seu voto. Quando minha casa ficou um metro e meio debaixo d´água em abril por causa de política errada da gestão atual se esconderam todos”, disse a manicure, Marília Gomes, residente do bairro Areais II.

A pressão da população fez com que dois vereadores desistissem dos seus votos Bandeira Júnior e Alyson Berreto, que reconheceram o erro ao aceitar uma articulação por voto vinda de Rubenildo e que ambos protocolariam um requerimento para que a mesa diretora da câmara possa deliberar em plenário o pedido de revogação dos votos.

Leia as notas de Bandeira Junior AQUI e a do Alyson Berreto AQUI!

Em um áudio do vereador Zilfran que circula em grupos de whatsapp ele alega que votou favorável ao projeto por conta de um acordo entre os vereadores que nunca votaram não para um título de cidadania. Ele disse ainda que votou favorável ao título dado ao ex-presidente Lula e disse que era petista.

Escute o áudio de Zilfran:

O vereador em momento algum falou em canselar o voto como Bandeira e Alyson anunciaram.

Projeto Revogado

No inicio da tarde dessa quarta-feira, 05/05, os vereadores divulgaram o projeto 032/2021 para revogar o decreto 026/2021 de autoria do vereador Rubenildo Cadeira que dava título de cidadão ao presidente Jair Bolsonaro.

Vereadores de Iguatu votam título de cidadania para Bolsonaro e povo se revolta
Projeto 032/2021 apresentado por vereadores no dia 05/05

 

1000 Letras Restantes