Mais roubo:Trensalão do PSDB em São Paulo também tem envolvimento com Mensalão tucano de Minas

‪#‎Trensalão‬ do PSDB aparece com mais desvio de recurso público

O Ministério Público Federal descobriu que o esquema do ‪#‎Trensalão‬ do PSDB, que drenou recursos do governo de São Paulo nas gestões de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, tinha vasos comunicantes com o ‪#‎MensalãoTucano‬ em Minas Gerais.

Conforme documentos enviados pelo governo suíço ao Brasil, o elo é o lobista Romeu Pinto Jr, um dos 11 réus do processo criminal que corre no Estado contra o cartel de empresas que atuava no setor elétrico, no metrô e na CPTM.

Pinto Jr é acusado de intermediar propinas da multinacional Alstom para agentes públicos de São Paulo em governos do PSDB.

Sabe-se agora que ele repetiu o esquema na estatal Furnas, de onde foram desviados recursos para o mensalão tucano.

Parte desse desvios do caixa de Furnas para o PSDB de Minas foram usados na campanha para reeleição do então governador Eduardo Azeredo, em 1998, que acabou derrotado.

Detalhe: No governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), o setor elétrico – o que inclui Furnas - era controlado pelo PFL, hoje Democratas.

O MP estima que em vinte anos de administrações tucanas em São Paulo, o cartel tenha dado um prejuízo de 800 milhões de reais aos cofres públicos.

Até agora, onze foram indiciadas por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: http://bit.ly/1hbVNjn

1000 Letras Restantes