Lula participa de ato em Petrolina e mobiliza multidão no Semiárido

Na tarde do dia, 11/07, aconteceu o ato pelo “Semiárido contra o Golpe - Nenhum direito a menos” realizado pelas entidades que compõe a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) e Frente Brasil Popular (FBP). A concentração contou com quase 40 mil pessoas inicialmente na cidade de Juazeiro/BA e seguiu às 18h rumo a Petrolina/PE, para receber o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

As caravanas vieram de todas as cidades e regiões que fazem parte do Semiárido, do Ceará o Centro Sul marcou presença com Instituto Elo Amigo e com a Associação dos Idosos de Santa Edwiges de Iguatu e pela ASCAP de Jucás que se somaram aos demais movimentos e políticos do nordeste como o senador Humberto Costa (PT-PE), dos deputados federais, Silvio Costa (PT do B-PE), Luciana Santos (PC do B-PE) e do ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência da Republica (SG), Luiz Dulce, para reivindicar o fortalecimento das políticas públicas de convivência com o Semiárido, contra o golpe na democracia e pelo fora Temer golpista.

O ex-presidente Lula começou agradecendo a força e a luta dos vários presentes, lembrou que realizou 74 conferências nacionais para consultar o povo sobre as mais diversas áreas e políticas publicas, citou programas realizados e que transformaram a paisagem do Brasil e em especial ao nordeste, destacou a parceria e empenho da sociedade civil que ajudo a pensar tudo isso e hoje mais do que nunca precisa ser fortalecido “hoje se vê do espaço não somente a muralha da China, mas 1 milhão e 300 mil cisternas, não falamos de 10, 100 ou 500 e sim de 1 milhão e 300 mil”, disse sorrindo o ex-presidente.

Conversa com Lula

Tive a grata satisfação de ter acesso aos bastidores e palco do evento como Comunicador do Fórum Cearense Pela Vida no Semiárido que me proporcionou rever o companheiro Lula e conversar um pouco com ele sobre a política no Ceará e em especial ao Iguatu. Lula me perguntou como anda a militância no Iguatu e como tem sido o trabalho de mobilização contra o golpe? Minha resposta foi curta e sincera, “está difícil Lula porque sempre tem uns que se acham melhores que os outros e acaba atrapalhando um pouco, mas da luta companheiro não me retiro e não estou sozinho”, o companheiro olha para um lado e para o outro e diz, “companheiro Mourão, sempre é difícil, mas pense no PT e numa mobilização que consiga mudar para melhor a vida do maior número de pessoas que vocês possam conseguir, o segredo é ser sincero e ouvir muito, agora bate a self logo que vou falar para esse povo todo aí e veja a agenda com a Vivi”.

Além de papear com o Lula, tive a grata satisfação de rever o amigo e ex-ministro da SG, Luiz Dulce (PT-SP) e recordamos rapidamente da minha participação no Conselho Nacional de Juventude, Conjuve, lembrei ao Dulce que ele sempre foi um bom parceiro e bastante atencioso as politicas de juventude.

Ao ver o deputado Silvio Costa, a única coisa que tive que fazer foi agradecer sua defesa a companheira Dilma Rousseff e a democracia “Obrigado Silvio e que sua luta seja sempre justa”, ele também agradeceu a gentileza e disse “é difícil cuidas da democracia em um ninho de cobras, mas com a força da justiça popular vamos voltar muito em breve”.