Dilma vai a Nova York denunciar o golpe no Brasil

A presidenta Dilma Rousseff (PT) embarcou, na manhã desse feriado de Tiradentes, 21/04, para Nova York - USA. Dilma vai participar da cerimônia de assinatura do "Acordo de Paris sobre mudanças climáticas", elaborado em 2015, e aproveita o momento para fazer a denúncia oficial a comunidade internacional do "golpe" que acontece no Brasil e governos de outros países, petrolíferas, corrupção de parlamentares, traição do vice-presidente e falta de ação do judiciário. Nesse período da Dilma longe, o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), assume o cargo como presidente em exercício.

Dilma foi convencida pelo seu conselho ministerial a fazer essa viagem como estratégia de defesa para evitar o golpe do impeachment. O senado já sinaliza um comportamento estranho e dentre as alternativas seria criar mais pressão internacional e popular contra o crime a atual democracia e estado de direito no Brasil.