CGU é extinta pelo Temer, o que será do combate a corrupção no Brasil?

A relação saiu no Diário da União, publicado na noite desta quinta-feira,12/05, extingui o Ministério da Cultura; do Desenvolvimento Agrário, responsável pela Reforma Agrária do país; Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Ministério das Comunicações e varias outras Secretarias.

Para a surpresa de muitos as medidas da frente da Presidência da República que tem o vice-presidente em serviço, Michel Temer (PMDB-SP) extinguiu a Controladoria Geral da União - CGU. O órgão que se destaca por promover e prevenir o combater a corrupção dos recursos federais.

A Controladoria ganhou respeito da população ao fiscalizar municípios asfixiados pela corrupção endêmica. O blogueiro Mario Angelo conversou via rede social com Filipe Leão, membro da Diretoria da Unacon Sindical, que informou ao mesmo a categoria “tem assembleia nacional nesta sexta-feira 13”, certamente para avaliar o fim da CGU.

Por ironia, no dia 4 de maio, a Unacon apoiou a campanha “Eu apoio a CGU”, que foi veiculada na Globo News. Foi uma iniciativa dos servidores da Controladoria-Geral da União (CGU) em parceria com o Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e o Observatório Social do Brasil.

Texto escrito com informações do blog Mário Ângelo