Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 32

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 36

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 43

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 39

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 41
/home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 63
https://www.rikaryo.com.br/');" >

UNE convoca estudantes para jornada nacional de lutas de 21 a 25 de março

Imagem: DivulgaçãoCom objetivo de chamar a atenção da sociedade sobre a importância de mais investimentos para a educação, estudantes organizarão intervenções em todo o país. Uma grande marcha dia 24 (quinta) em Brasília levará 10 mil ao planalto central. UNE quer audiência com a presidente Dilma para entregar pauta de reivindicações.

Com a chamada “A educação tem que ser 10 – Por um Plano Nacional de Educação (PNE) a Serviço do Brasil”, a União Nacional dos Estudantes (UNE) convoca para essa semana série de manifestações em todo o Brasil que irão ocorrer de 21 a 25 de março (segunda a sexta-feira). A tradicional jornada nacional de lutas da entidade, que acontece anualmente, desta vez traz a defesa incondicional dos 10% do PIB e 50% do fundo social do Pré-sal para a educação. Em cada lugar haverá a incorporação de bandeiras locais aos protestos, como a luta pela melhoria do transporte público e mais investimentos na educação municipal e estadual. Serão cerca de 120 atividades em universidades, 40 passeatas e atos de rua em mais de 70 cidades de todas as regiões do país.

No dia 24 de março (quinta-feira), uma grande marcha tomará conta de Brasília para levar ao ministro da educação, aos presidentes das casas legislativas e, também, à presidente Dilma Rousseff, documento com as reivindicações dos estudantes para o próximo período. A UNE é contra o veto do ex-presidente Lula ao projeto de lei que destina 50% do fundo social do Pré-sal para a educação. Os estudantes criticam também a ortodoxia na política econômica do novo governo, refletida no corte de 50 bilhões, atingindo o financiamento das universidades.

Para o presidente da UNE, Augusto Chagas, o Brasil vive momento único de oportunidades em diversas áreas e precisa se convencer de que é “necessário e urgente priorizar a educação em todas as suas etapas”. Chagas convoca: “Por isso, vamos às ruas nessa jornada para tornar público o debate deste Plano Nacional de Educação que é tão decisivo. Precisamos envolver a sociedade para discutir a educação que queremos para os próximos dez anos”.

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO - PNE 2011-2020
Durante a jornada nacional da lutas, a UNE irá também apresentar as suas 59 emendas ao Plano Nacional de Educação e lançar a campanha #EducacaoTemQueSer10! Dessa forma, a entidade vai se mobilizar e disputar o PNE no Congresso Nacional. As emendas serão apresentadas por meio de parlamentares de partidos que já se comprometeram com as reivindicações dos estudantes.

O objetivo da campanha é criar ainda um ambiente virtual na internet, via twitter e outras redes sociais, para que diversos setores possam contribuir com a construção do PNE. A idéia é também desenvolver um blog colaborativo que fique no ar durante os 10 anos de vigência do PNE. (acompanhe: @etqs10)

SEGUNDA, 21/03 - DIA NACIONAL DE OCUPAÇÕES
Será um dia de atividades simultâneas com intervenções políticas e culturais em dezenas de universidades. Haverá série de ocupações de reitorias e espaços dentro das instituições a partir desta segunda-feira, 21 de março, dando início à onda de protesto. Está programada a abertura oficial durante debate na USP, no Centro Acadêmico XI de Agosto, 12h, com o tema da jornada “A educação tem que ser 10 – Por um Plano Nacional de Educação (PNE) a Serviço do Brasil”.

TERÇA-FEIRA, 22/03 - PASSEATA SÃO PAULO - 10H - MASP
Os estudantes voltam às ruas da capital paulista para mais uma passeata contra o aumento abusivo nas tarifas do transporte público. A concentração será às 10h no vão livre do Masp. De lá, a marcha prossegue em direção à Assembléia Legislativa, onde está em tramitação a Proposta Emenda Constitucional (PEC) do Pré-sal municipal, que cria o Fundo Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social. O Fundo gerenciará os recursos provenientes do Pré-Sal para o estado de São Paulo e já destina 50% para Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia.

QUARTA-FEIRA, 23/03 - PASSEATA RIO DE JANEIRO - 10H - CANDELÁRIA
A jornada nacional de lutas da UNE organiza uma grande passeata no Rio de Janeiro embalada pelos protestos contra a visita do presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Os estudantes vão se concentrar dia 23/03 (quarta) na Candelária, às 10h, e de lá partem para a Câmara Municipal. O objetivo é pressionar o voto dos parlamentares a favor do projeto de lei que estará tramitando no dia e garantirá a meia passagem no transporte público aos alunos do ProUni e beneficiados por programas de cotas e reserva de vagas.

QUINTA-FEIRA, 24/03 - GRANDE MARCHA EM BRASÍLIA - 10H - BIBLIOTECA NACIONAL
Cerca de 10 mil estudantes tomarão Brasília colorindo a Esplanada dos Ministérios com a irreverência característica do movimento estudantil. A concentração será às 10h, em frente à Biblioteca Nacional. A marcha, que terá o reforço de uma bateria de samba, seguirá para o Congresso Nacional. Lá, os estudantes esperam ser recebidos por Dilma Rousseff. A audiência já foi solicitada e o objetivo será dialogar com a nova presidente a pauta de reivindicações, principalmente, a respeito de dois temas: o veto do presidente Lula ao projeto de lei que destina 50% do fundo social do Pré-sal para a educação e os recentes cortes no orçamento que podem atingir o financiamento das universidades.

O QUE É A JORNADA NACIONAL DE LUTAS DA UNE
A jornada nacional de lutas , organizada pela UNE, UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) e ANPG (Associação Nacional dos Pós Graduandos) ocorre anualmente em homenagem ao estudante secundarista Edson Luis. Paraense radicado no Rio de Janeiro, Edson foi morto pela ditadura militar com um tiro no peito dia 28 de março de 1968 quando protestava no restaurante universitário Calabouço contra o aumento no preço da refeição. Todos os anos os estudantes promovem série de intervenções em diversas regiões do paÍs para apresentar suas reivindicações e dialogar com os setores da sociedade.

Fonte: UNE