Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 32

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 36

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/com_content/article/default.php on line 43

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 39

Warning: Attempt to read property "image_fulltext" on null in /home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 41
/home/krmp/rikaryo.com.br/templates/ja_blockk/html/mod_jacontentlisting/details/default-03/index.php on line 63
https://www.rikaryo.com.br/');" >

Casos de pedofilia na Irlanda chamam a atenção do Papa Bento XVI

Foto:InternetAmaldiçoados sejam os padres pedófilos. Durante décadas a igreja católica vem acobertando os abusos cometidos por padres. Os últimos escândalos da igreja ocorridos na Irlanda foi a gota d'água para a sociedade. O ódio e fúria de famílias enganadas e exploradas despertou as atenções do clero máximo da Igreja o Papa Bento XVI.

Na manhã desse sábado 20/03, o Papa enviou uma carta aos católicos da Irlanda e nela expressou a "vergonha" e o "remorso" de toda a Igreja ante os escândalos de pedofilia no clero irlandês e anunciou iniciativas em favor "da cura e de uma renovação". No documento, ele afirma uma "visita apostólica", isto é a abertura de uma investigação em "várias dioceses da Irlanda", em "seminários" e "em congregações religiosas". A carta diz ainda que todas as medidas deverá ajudar a Igreja local "no caminho da renovação" e que "os graves erros de julgamento" cometidos pelo episcopado irlandês, acusado de ter encoberto centenas de casos de pedofilia cometidos durante várias décadas por religiosos, os verdadeiros culpados deverão "responder" não apenas "diante de Deus" mas da justiça comum.

O Papa disse esta "profundamente desolado" perante o sofrimentos das vítimas de abusos cometidos por padres, mostrando-se disposto a encontrá-las como o fez várias vezes (na Austrália e nos Estados Unidos, em 2008).

>> Site do Vaticano